• São Paulo: quem vai de ônibus emite quatro vezes menos poluentes

    Em um dia comum, entre as 6h e as 7h da manhã, acontece o pico das emissões de CO2 na cidade de São Paulo. O horário marca o deslocamento cotidiano de muitas pessoas, de casa em direção ao trabalho ou demais compromissos do dia, e explica por que a poluição atinge níveis mais altos no período. Cabe observar, contudo, a disparidade entre as emissões provenientes do transporte individual motorizado e dos ônibus: indo ao trabalho de ônibus, por exemplo, emitimos quase quatro vezes menos do que se formos sozinhos de carro.

  • Ruas Completas: Recife quer dar nova cara à Rua da Hora

    Quase 150 anos depois que o médico Pedro da Hora Santiago pediu para rebocar sua casa do terreno nas proximidades do Beco do Espinheiro e deixou o sobrenome de herança para atual Rua da Hora, Recife planeja uma nova transformação na via.

  • As receitas adicionais que poderiam ajudar a financiar o transporte coletivo no Brasil

    O transporte é um dos pontos essenciais para a eficiência urbana. Cerca de 17 milhões de brasileiros das Regiões Metropolitanas levaram 114 minutos em média nos seus deslocamentos diários de casa ao trabalho em 2012, o que equivale a um custo de produção sacrificada de R$ 111 bilhões, de acordo com estudo da Federação da Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Sem contar o gasto energético e as emissões de gases de efeito estufa.

Blog

Fique Ligado

Newsletter

Inscreva-se para receber a newsletter do WRI Brasil Cidades Sustentáveis. Increver-se