• O Brasil assumiu um papel importante nas negociações realizadas em Paris, em dezembro do ano passado, na 21ª Conferência do Clima (COP 21), tendo entrado até mesmo no chamado High-Ambition Coalition, grupo de países com o objetivo comum de aprovar metas mais ambiciosas para o acordo. Passado um ano, a COP 22 irá discutir as ações concretas que deverão ser tomadas para o cumprimento e a entrada em vigor do tratado.

    Compartilhe

  • Durante a emoção do encerramento da Habitat III, em Quito, logo após a aprovação da Nova Agenda Urbana, o Diretor Executivo da ONU-Habitat, Joan Clos, declarou que "a viagem para o futuro urbano sustentável está apenas começando".

    Compartilhe

  • A quinta-feira (20) marcou o quarto e último dia da Habitat III, que concentrou centenas de painéis, sessões e eventos sobre como melhorar a vida nas cidades, em Quito, no Equador. Líderes globais, cidadãos, líderes comunitários, mulheres e homens de negócios, jovens e diversos especialistas em planejamento urbano usaram o espaço para dar voz às milhões de pessoas que habitam as cidades do mundo.

    Compartilhe

  • Delegação convidada pelo WRI Brasil Cidades Sustentáveis participou do evento e volta com novas experiências para atingir os objetivos da Nova Agenda Urbana

    Mais do que apenas decidir uma visão para as cidades nos próximos 20 anos, a Habitat III, em Quito, foi uma oportunidade de encontro para todos que irão trabalhar nesse objetivo.

    Compartilhe

  • Encontro de municípios em 2017 vai discutir o desenvolvimento sustentável sob a ótica da Nova Agenda Urbana e dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

    A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) aproveitou o momento de discussão sobre o futuro das cidades durante a Habitat III, em Quito, no Equador, para lançar as pautas e o planejamento para o IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS), que será realizado entre 24 e 28 de abril de 2017.

    Compartilhe

  • Qual a razão para que 2,5 bilhões de pessoas escolham as cidades para viver nas próximas duas décadas? Os conglomerados urbanos se tornam atraentes simplesmente porque podem oferecer acesso aos serviços mais básicos e a possibilidade de prosperar. Um dos desafios centrais da Habitat III é fazer com que as cidades se tornem inclusivas e democráticas.

    Compartilhe

  • A Nova Agenda UrbanA (NAU), que deve ser aprovada ao final da Habitat III, em Quito, vai unir os países em torno de uma visão comum para as cidades nas próximas duas décadas.

    Compartilhe

  • Todos os dias, 1,8 bilhão de crianças no mundo vão para a escola. Caminham pelas calçadas, cruzam avenidas, algumas até mesmo rodovias. E, todos dias, 500 delas não chegam para as aulas, vítimas de acidentes de trânsito. Essa é uma realidade que precisa ser transformada.

    Compartilhe

Pages

Fique Ligado

Newsletter

Inscreva-se para receber a newsletter do WRI Brasil Cidades Sustentáveis. Increver-se