• As cidades latino-americanas que transformarem seus espaços urbanos em locais aprazíveis para os cidadãos podem participar do concurso “Cidades Ativas Cidades Saudáveis”, promovido por uma parceria entre a Organização Panamericana de Saúde, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças e os Centros de Transporte Sustentável da Rede EMBARQ nos Andes, Brasil e México.

    Compartilhe

  • A mobilidade urbana deve estar no cardápio de todos os prefeitos aconselhou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no primeiro dia (25/11) da Convenção Mobilidade Sustentável na Renovação Urbana, organizada pelo CTS-Brasil e pelo Challenge Bibendum. “A mobilidade urbana está intrinsecamente ligada a diversos direitos constitucionais do cidadão, como emprego, salário digno, educação, habitação, entre outros.

    Compartilhe

  • A prefeitura de Porto Alegre e a Corporação Andina de Fomento (CAF) assinaram segunda-feira, 16 de novembro, um convênio de cooperação técnica que destina 1 milhão de dólares para estudos do projeto Portais da Cidade. Inicialmente prevista para ocorrer em outubro , na sede da CAF em Caracas, a cerimônia foi realizada no salão nobre do Paço Municipal de Porto Alegre, com a presença do prefeito José Fogaça e da diretora da CAF em Brasília, Moira Paz-Estenssoro, que representou o presidente executivo da organização, Luis Henrique Garcia. A atuação da EMBARQ e do CTS-Brasil foi decisiva para viabilizar o acordo com a CAF, que garante a continuação do projeto Portais da Cidade.

    Compartilhe

  • Concluído o manual de instruções, elaborado por Rodrigo Castilho e Brenda Medeiros, o CTS-Brasil desenvolve a fase de treinamento da Rede EMBARQ para o uso do simulador de sistemas BRT. O modelo de simulação microscópica da operação de sistemas BRT é uma valiosa ferramenta para identificação e solução de problemas ainda na fase de projeto, pois permite avaliar o desempenho de configurações alternativas dos sistemas (geometria, veículos, estações, regras operacionais, linhas).

    Compartilhe

  • A Copa do Mundo 2014 é uma enorme oportunidade para reformar a mobilidade de Porto Alegre, mas é preciso começar logo, alertam a Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (SERGS) e o Centro de Transporte Sustentável do Brasil (CTS-Brasil). Os especialistas das duas entidades advertem para os riscos e barreiras associados à implantação de projetos de transporte de grande porte.

    Compartilhe

  • O comitê central da Corporação Andina de Fomento (CAF) aprovou a liberação de um milhão de dólares do seu Fundo Proinfra à Prefeitura de Porto Alegre. A assinatura do acordo bilateral deve ser assinado no próximo dia 20 de outubro, na sede da CAF, em Caracas, pelo prefeito José Fogaça e o presidente executivo da agência de fomento, Enrique Garcia. O presidente do CTS-Brasil, Luis Antonio Lindau, recebeu a informação diretamente do diretor de Análise e Programação Setorial de Infraestrutura da CAF, Francisco Wulff, que coordenou a negociação com a prefeitura de Porto Alegre.

    Compartilhe

  • A avaliação do sistema de transporte foi decisiva para a escolha da cidade do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas de 2016 pelo Comitê Olímpico Internacional (02/10/09). Há um ano, o Rio obteve a pior nota entre as quatro cidades finalistas no mesmo quesito. Então, o Comitê Olímpico Brasileiro contratou consultores brasileiros renomados, que buscaram apoio do CTS-Brasil na simulacao dos sistemas BRT (Bus Rapid Transit – transporte por ônibus rápidos) e viraram o jogo.

    Compartilhe

  • Ao encerrar a missão técnica para tratar do financiamento ao projeto Portais da Cidade, o diretor de Análise e Programação Setorial de Infraestrutura da Corporação Andina de Fomento (CAF), Francisco Wulff, elogiou os avanços que observou no desenvolvimento do projeto. "Esta é a terceira vez que venho a Porto Alegre e saio positivamente impressionado com a evolução do trabalho", declarou. "Na visão da CAF, a situação está muito mais clara e chegaremos a bom termo".

    Compartilhe

  • Promover uma mudança de comportamento, com foco no respeito às faixas de segurança é o objetivo da nova campanha de educação para o trânsito que a prefeitura de Porto Alegre lançou dia 09 de setembro. "Agora, temos a ferramenta para mudar uma realidade negativa, que resultou em 1.206 atropelamentos no ano passado, com 74 vítimas fatais", afirmou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Luiz Afonso Senna.

    A campanha consiste ensinar a população a usar um novo sinal de trânsito: ao atravessar uma faixa de segurança sem sinaleira , o pedestre deve esticar o braço para sinalizar seu desejo de atravessar e o motorista deve parar o veículo.

    Compartilhe

  • Nos primeiros dias de setembro, uma missão composta por representantes da prefeitura, de empresários de transportes, da Metroplan e do CTS-Brasil viajará a Caracas, Venezuela, para agilizar a assinatura do contrato de financiamento com a Corporação Andina de Fomento (CAF).

    Compartilhe

Pages

Fique Ligado

Newsletter

Inscreva-se para receber a newsletter do WRI Brasil Cidades Sustentáveis. Increver-se