São Paulo (SP)

(Foto: Mariana Gil/WRI Brasil Cidades Sustentáveis) 

Principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul, São Paulo é considerada a cidade brasileira mais influente no cenário global. Gigante em tudo, a capital paulista é a cidade mais populosa do Hemisfério Sul com 11,8 milhões de habitantes. Sancionado em julho de 2014, o novo Plano Diretor Estratégico de São Paulo propõe um novo caminho de desenvolvimento para a cidade, baseado na escala humana e em incentivos ao transporte coletivo e ao não motorizado. O documento é resultado de discussões feitas com a participação de diversas organizações ligadas ao desenvolvimento urbano. De acordo com a prefeitura, foi o maior processo participativo da história de São Paulo, envolvendo 114 audiências públicas, 25.692 pessoas participantes e um total de 10.147 contribuições.

O WRI Brasil Cidades Sustentáveis é parceiro da cidade e desenvolve ações para tornar a mobilidade e a vida urbana da maior metrópole da América Latina mais sustentável. Veja abaixo os principais projetos realizados:

  • Conexões do Rio Pinheiros: a plataforma Conexões do Rio Pinheiros foi criada em 2013 para impulsionar políticas públicas de desenvolvimento sustentável na região do Rio Pinheiros, em São Paulo. Constitui uma rede de cooperação entre lideranças empresariais, instituições de pesquisa e gestores públicos com o objetivo de gerar impactos positivos na mobilidade e sustentabilidade da região. É desenvolvida por meio do projeto CAT – Construindo Cidades Sustentáveis com Qualidade de Vida, da Caterpillar, na China, Índia e no Brasil, promovido pelo Banco Mundial, em parceria com o WRI Brasil e o WRI Brasil Cidades Sustentáveis. Saiba mais.

  • Microacessibilidade no entorno do Rio Pinheiros: em busca de alternativas para qualificar o entorno do rio Pinheiros, um estudo vem sendo desenvolvido baseado em conceitos de Design Ativo e segurança viária. O diagnóstico inicial contemplou trabalhos de campo, mapeamentos, contagens de pessoas e veículos e levantamento de dados. Por meio de uma parceria com o LABAUT, da Faculdade de Arquitetura da Universidade de São Paulo (FAUUSP), foram realizadas pesquisas de opinião e medições de conforto ambiental. Saiba mais.
    • Concurso 3 Estações: ideias para as propostas foram selecionadas por meio de uma competição, o Concurso 3 Estações, realizado em parceria pelo WRI Brasil Cidades Sustentáveis e o USP Cidades. As propostas vencedoras servirão como base para a tentativa de viabilizar a execução dos projetos urbanos e devem ser encaminhados para a administração municipal. Saiba mais.

  • Seminário Modelos de Concessão de Transporte Urbano por Ônibus – Práticas e Tendências: com apoio do IPEA, SPTrans e Prefeitura de São Paulo, o WRI Brasil Cidades Sustentáveis e o Banco Mundial convidaram autoridades, técnicos e representantes de Tribunais de Contas de Estados para um debate sobre licitações de transporte urbano nas cidades brasileiras. O encontro aconteceu dia 15 de agosto de 2014, em São Paulo, reunindo 100 participantes e apresentações de especialistas internacionais da área. Saiba mais.

 

  • Projeto-Piloto de Mobilidade Corporativa: em 2012, o Banco Mundial, com apoio do WRI Brasil Cidades Sustentáveis, do WRI Brasil e financiamento da Caterpillar Foundation, deu início a um estudo sobre a demanda de viagens no intuito de buscar soluções de deslocamento para os funcionários, impactando na sua qualidade de vida e consequentemente produtividade. Saiba mais.

Fique Ligado

Newsletter

Inscreva-se para receber a newsletter do WRI Brasil Cidades Sustentáveis. Increver-se