Brasília (DF)

(Foto: Mariana Gil/ WRI Brasil Cidades Sustentáveis)

Inaugurada em 21 de abril de 1960, a Brasília tem  uma população de 2,8 milhões de habitantes. Com projeto urbanístico de Lúcio Costa e arquitetônico de Oscar Niemeyer, a cidade nasceu diferente em tudo, com um conjunto arquitetônico e urbanístico a céu aberto. Em 1987, tornou-se Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade e, em 2008, escolhida a Capital Americana da Cultura, título reconhecido pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

Desde 2010, a cidade trabalha em conjunto com o WRI Brasil Cidades Sustentáveis para transformar a mobilidade urbana da região. O Eixo Sul, inaugurado em junho de 2014, é o primeiro de quatro corredores que formarão a rede do Expresso DF, o sistema BRT de Brasília. Somando os demais corredores – Norte, Oeste e Sudoeste – serão 150 km de vias dedicadas, com viagens entre Gama, Santa Maria e o Plano Piloto. Quando em operação completa, o sistema deve atender a 600 mil pessoas por dia.

 

“Brasília está fazendo uma revolução no transporte urbano. Tenho ido a várias cidades, em muitas delas nós temos BRTs de qualidade, mas o projeto aqui é um projeto extremamente ousado e mostra um fôlego que vai transformar de fato Brasília em um exemplo”, Dilma Rousseff, Presidente da República.

O WRI Brasil Cidades Sustentáveis é parceiro de Brasília e apoiou o projeto BRT com uma série de ações para qualificar a concepção e implantação do sistema:

  • Alinhamentos Estratégicos: o WRI Brasil Cidades Sustentáveis promoveu dois encontros com a equipe responsável pela implantação do sistema BRT em Brasília. O objetivo foi reunir tomadores de decisão, secretários municipais, gerentes de projeto e operadores de ônibus para analisar riscos e oportunidades e reorganizar as estratégias para a execução do projeto no prazo determinado. Saiba mais.

 

  • QualiÔnibus - Dia Um de Operação do BRT: o WRI Brasil Cidades Sustentáveis reuniu especialistas em inaugurações de sistemas BRT icônicos, como TransMilênio em Bogotá e Transantiago no Chile, para compartilharem erros e acertos enfrentados durante o início da operação. O workshop contribuiu para a sincronia entre os autores envolvidos e resultou em uma série de recomendações para a elaboração do manual de operação do sistema e planos de contingência. Saiba mais.

 

  • Auditoria de Segurança Viária: com o apoio da Bloomberg Philanthropies, o WRI Brasil Cidades Sustentáveis realizou, em julho de 2013, uma auditoria de segurança viária ao longo do percurso do BRT Eixo Sul, incluindo terminais e estações. O corredor possui 44 km de extensão, 15 estações e cinco terminais, conectando Brasília a Gama e Santa Maria. A medida é um passo fundamental para reduzir o risco de colisões e salvar vidas. Saiba mais.

 

  • Inventário de Emissões: o WRI Brasil Cidades Sustentáveis elaboborou uma análise do cenário antes e após a renovação de 90% da frota de ônibus do Distrito Federal, incluindo o início das operações do Expresso DF, sistema BRT (Bus Rapid Transit) da cidade. O objetivo foi avaliar os impactos da modernização da frota sobre a qualidade do ar. Saiba mais.

Fique Ligado

Newsletter

Inscreva-se para receber a newsletter do WRI Brasil Cidades Sustentáveis. Increver-se